Can someone translate this from Portuguese to English (no online translator, please)?

3. O período de seis meses referido no número anterior conta- se a partir da data da entrada legal do não residente na RAEM. 4. Nas situações previstas na alínea 1) do n.º 1, deve existir um registo, permanentemente actualizado, dos dias em que o não residente exerce efectivamente a sua actividade, o qual deve... show more 3. O período de seis meses referido no número anterior conta-
se a partir da data da entrada legal do não residente na RAEM.
4. Nas situações previstas na alínea 1) do n.º 1, deve existir um
registo, permanentemente actualizado, dos dias em que o não
residente exerce efectivamente a sua actividade, o qual deve ser
exibido, sempre que solicitado, às entidades fiscalizadoras mencionadas
no número seguinte.
5. Quando a Direcção dos Serviços de Trabalho e Emprego
(DSTE), o Corpo de Polícia de Segurança Pública (CPSP) ou os
Serviços de Alfândega (SA) considerarem que a actividade exercida
pelo não residente não está em conformidade com a situação
prevista no n.º 1, devem comunicar esse facto à pessoa singular
ou colectiva da RAEM a quem o trabalhador não residente
presta serviço, devendo esta, logo após tomar conhecimento
da comunicação, pôr termo à actividade do não residente.
2 answers 2